janeiro 28, 2011

Gasolina muito cara

Gasolina-cara

Esta é uma história de ficção, ocorrida numa cidade de faz-de-conta. Qualquer semelhança é mera semelhança.

Dono de Posto: É o seguinte, quero que a nossa gasolina seja a mais cara do Estado.

Presidente do Sindicato: Mas… mas… ela já é cara.

DP: Não tem mas. Quero mais lucro no meu posto Aumenta aí pra R$ 2,699.

PS: Mas o senhor já é rico, atua em outros mercados.

DP: Não interessa. Ou vocês aumentam do jeito que eu quero ou eu passo a vender com prejuízo. Posso fazer isso um mês inteiro e quebro vocês todos. E aí? Vão encarar?

PS: Pois agora… Não, né.

E foi assim. E é assim que funciona o livre comércio da gasolina nessa cidade de faz-de-conta.

Graças ao bom Deus não temos isso aqui.

5 comentários:

  1. Que chuvarada na cidade do faz de conta

    ResponderExcluir
  2. DP: Mas q bosta estão falando mal de mim?! Inventando fofocas!? Como faço para voltar a ser respeitado?! A já sei vou investir no time desta cidade deste bando de idiotas e me tornarei um rei, voltando a ser respeitado, e ainda ganhando mais dinheiro com a venda dos jogadores....

    ResponderExcluir
  3. Ué!!!!! De Anônimo para Anônimo, saia do armário, meu. Tais querendo dizer que... Não, nunca. Será que "atua em outros mercados" quer diz.. Never! Que maldade.

    ResponderExcluir
  4. coisa do demo, isso sim! é o cão!

    ResponderExcluir
  5. Ainda bem que dão uns pontinhos se usar o cartão deles pra abastecer a este preço.

    ResponderExcluir