julho 13, 2011

Vereadores: por que só 21?

Vereadores-21-ou-mais

Um assunto que deixa todo putz desgraçado é aumento de (nº) vereadores. Fala-se muito sobre. Já que é tarefa ingrata lutar contra, bolamos um plano diabólico que se der certo pode ser a solução para todas as câmaras do Brasil.

Querem aumentar, né? Decidimos que somos a favor. Aderimos à tese do João Paulo Messer do quanto mais melhor.

Mas não aceitamos 21, querem aumentar que seja bastante. O próprios edis reclamam é pouco porque bairros ficam sem representação. Com 12 muitos bairros  não teriam representação. Com nosso plano, teriam. E como.

O lance da representatividade é crucial no plano. Criciúma tem 120 bairros (fora os bairros nanicos). Considerando a densidade populacional de cada um (Rio Maina teria uns 15, Centro 12, Próspera 10, etc) e mínimo de dois por bairro, estimamos aí 513 deputados vereadores. Igualzinho ao covil central Brasília. Teríamos uma brasilhinha aqui, com todas as suas vantagens.

Agora a parte boa. Não é possível aumentar o repasse, do mesmo jeito que não pôde diminuir quando o número caiu pra 12. Pega todo o repasse atual e divide por 513 e teremos  vereador fazendo greve para conseguir piso igual ao Mínimo. E os professores estarão vingados.

Pode pintar outdoor assim…

Outdoorda-camara

3 comentários:

  1. Eu quase estava acreditando que o seu Putz era a favor de Criciuma ter 21 Vereadores. Vinte Um...Pode? Pode sim. Isso se voce for do PMDB. Eles querem 21. A representatividade do partido nos Bairros e no Poder, está muito pequena. E é assim que se faz para tentar aumentara barganha dos favorecimentos. E eu, que sempre acreditei no Ulisses Guimarães, no Mário Covas, no Franco Montoro e aqui, no Pedro Ivo. O que fizeram aqui no Sul com o PMDB? Ou no Brasil? O número de veradores, para o que é necessário, está ÓTIMO! Fora Giovani...Fora Caciques...

    ResponderExcluir
  2. Voces leram a entrevista do T. Da Imbrali no JM de hoje-14/07? O que é aquilo? Prepotência? Inteligência? Burrice? Não. É um representante do POVO,eleito, por nós, povinho sem muita cultura e conhecimento. Vejam, esse é o quadro de representantes do MKunicipio, e ainda querem aumentar o número, ou como ele diz, o salário. Pode? Pode sim, nós fazemos por merecer. Somos uns inergúmenos!

    ResponderExcluir
  3. Se o problema é representação, façam como em San Francisco, onde a cidade é dividida em distritos eleitorais e cada distrito elege um vereador. Divide o município de Criciúma em 12 e era isso.

    ResponderExcluir