abril 22, 2012

Dilma cria lei para obrigar a imprensa a chamá-la de influenta

dilma-sorridenta-time-influente-300x256

A presidente Dilma Roussef enviou hoje um projeto de lei ao Congresso, que obriga órgão jornalísticos do mundo todo a se referirem a ela como influenta. Ela ficou descontenta com a revista Time (100 pessoas mais influentes do mundo), onde figura. “Influente é o presidente Lula, o presidente Sarney, o presidente Collor…”, disse a presidenta, citando a seguir 38 nomes de dirigentes e dirigentas do PMDB, PTB, PDT, PR e empreiteiras.

Para Dilma, a Time é incompetenta. Ela ainda completou dizendo que “não serei mais lenienta com esse tipo de ação que atenta contra as pessoas que são ascendentas de classe no Brasil”. 

Com a lei, Dilma espera que a lista do ano que vem passe a se chamar “As 100 pessoas mais influentas de 2013″, ou algo parecido. Confrontada com o fato de que na língua inglesa, na qual a Time é publicada originalmente, não há flexão de gênero, a presidenta sorriu e disse à reportagem que “ô meu querido, se você ainda acha que os americanos é que mandam no mundo, está muito enganado”. Confrontada com o fato de que o mandarim também não tem flexão de gênero, Dilma perdeu a paciência e chamou uma tenenta e uma sargenta que cuidam de sua segurança para retirar o LARANJAS do local.

Ctrl+C/Ctrl+-V de Laranjas

2 comentários:

  1. heheheh..brilhante!!!!
    ou melhor, brilhanta.

    ResponderExcluir
  2. Inveja ou melhor invejo!!!!!

    ResponderExcluir