setembro 05, 2014

Propaganda eleitoral enganosa

Numeros

Assessoria de um certo candidato local, cujo nome vamos preservar para não interferir na campanha (só sabemos que é do ramo do pastoreio), divulgou que fizeram uma carreata de estrondoso sucesso com cerca de 25 carros.

Analisamos esse número e botamos reparo. Sempre que a informação vem da área (política) temos a balda feia de duvidar.

Se a versão oficial disse 25, podes crer, foi menos. Não tivemos acesso à metodologia de cálculo, mas sabe-se que nessas carreatas muita gente adere depois da largada. Assim, a assessoria calculou pelo que via pelo retrovisor. Tipo, na Centenário, ao parar na sinaleira, olha pra trás e chuta calcula.

É aí que os números iludem. A carreata foi num sábado e, como se sabe, num sábado a Centenário não é exatamente uma estrada da Solidão. Tem carro pra dedéu. O assessor calculista chegou na esquina do Santander, ele num carro e o candidato em outro, olhou pra trás e quase teve um orgasmo. No celular: Tamos eleito, pastor candidato. Mais de 20 carros.

Era só o dele e o outro.   

Um comentário:

  1. Propaganda eleitoral enganosa é pleonasmo...

    ResponderExcluir